O que é depressão? É frescura? Só existe um tipo?

Bom dia pessoal. Hoje quero falar mais detalhado sobre a depressão.
Falei dessa danada em alguns posts que escrevi e nos vídeos, mas não tinha separado um post exclusivo para ela.

Então, quero começar pela definição de depressão. A depressão é uma doença ou um distúrbio afetivo. Como falei no PaPo nada DePrê: ela atinge a nossa autoestima e a pessoa com depressão pode ter sentimentos de tristeza, inferioridade e pessimismo de forma intensa e duradoura. Lógico que todos passamos por situações difíceis ao longo da vida e muitas vezes ficamos tristes, mas essa tristeza dura alguns dias e nós mesmos conseguimos contorna-la. Porém na depressão isso não ocorre. Segundo o blog PSICOLOGIAVIVA “O indivíduo depressivo passa mais de duas semanas seguidas em sofrimento, caminhando para um estado de profundo vazio e comportamentos destrutivos.” E com isso esse distúrbio afetivo compromete as capacidades diárias de quem sofre dessa doença. Eu mesma abordei essa questão no meu último vídeo e vou abranger o assunto nos próximos vídeos do meu canal.

Então… Sabendo que a depressão é uma doença e que afeta várias regiões do nosso cérebro, eu me perguntei quais poderiam ser as causas. Alguns infelizmente, acham que é frescura, mas dei uma estudada e vou passar para vocês quais são as reais causas da depressão:

  • Fatores genéticos
  • Experiências estressantes
  • Trauma ou abuso infantil
  • Excesso de álcool ou drogas
  • Problemas de saúde e desregulação hormonal
  • Uso de alguns tipos de medicamentos
  • Dores crônicas
  • Deficiência de Neurotransmissores ou alterações na estrutura cerebral
  • Doenças cerebrais

São muitos fatores que levam a depressão, né gente?! Então, vamos DESCARTAR a palavra FRESCURA quando falarmos de depressão, ok? Está mais que explicado aqui que ela realmente é uma doença… rsrs

Pensando nessas várias causas, eu me questionei se existiam também vários tipos de depressão, então fiz minha segunda pesquisa e pude ver que… Genteeeeeee, existem vários tipos de depressão mesmo, e pelo que percebi existem mais de cinco tipos recorrentes. Vou tentar lista-los e dar uma breve definição:

  1. Episódio Depressivo

É a forma mais comum de depressão. Um episódio depressivo ocorre ao longo de semanas ou até anos, mas sempre com uma duração superior a duas semanas. Segundo iFightdepressione um terço das pessoas afetadas experimentam apenas um episódio ao longo da sua vida. Entretanto, se a pessoa não recebe tratamento correto, existe um grande risco de poder ocorrer episódios depressivos recorrentes no futuro.

  1. Perturbação Depressiva Recorrente ou Major

Nesse caso ocorre quando o episódio depressivo se repete, normalmente tem início na adolescência ou início da fase adulta. Nessa depressão o indivíduo apresenta fases depressivas, que duram de meses a anos, intercalados por fases de humor normal.

  1. Depressão Bipolar

Essa depressão o indivíduo apresenta mudanças constantes no humor, variando entre depressão profunda e alegria excessiva ou fase maníaca. Este tipo de depressão ocorre na perturbação bipolar e fases maníacas são caracterizadas por um humor excessivamente eufórico, associado com hiperatividade, inquietação e necessidade reduzida de dormir.

  1. Distimia ou Depressão Crônica

A distimia ou depressão crônica é caracterizada por sintomas mais rápidos e menos evidentes em comparação com um episódio depressivo ou depressão recorrente. Mas nesta depressão o episódio depressivo é persistente e os sintomas duram por muito mais tempo, de 2 anos a décadas.

  1. Depressão Reativa

Ocorre após um acontecimento muito estressante, como por exemplo a morte de um familiar.

  1. Depressão Atípica

O indivíduo apresenta sintomas contrários aos da depressão normal, é caracterizado por hipersensibilidade e mudanças de humor, um apetite excessivo e sonolência, podendo ainda ocorrer ataques de pânico.

  1. Perturbação depressiva sazonal

Este tipo de depressão diz-se semelhante à depressão atípica e ocorre sazonalmente durante alterações do clima, por exemplo: no outono ou no inverno, devido à falta de sol, e tem como sintomas fadiga, tendência a comer muito doce e sonolência;

  1. Depressão Psicótica

Neste caso além dos sintomas corriqueiros de depressão o indivíduo pode apresentar delírios e alucinações.

  1. Depressão pós-parto

Ocorre com mamães após o parto e gera sintomas como tristeza, irritabilidade ou rejeição do bebê;

É gente, depressão além de não ser frescura não é brincadeira. Então, é sempre bom buscar o tratamento adequado e ajuda e JAMAIS se autodiagnosticar. Esse meu estudo me clareou bem as ideias sobre depressão. E pra você, foi produtivo!?

Na próxima terça meu vídeo no @Canal será continuação deste post. Vou abordar sobre os sintomas da depressão, então não deixem de acompanhar.

Beijinhos e tenham um ótimo final de semana!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s